quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Pai fez pedido comovente na internet após perder a filha.

 Um pai, desesperado por ter perdido sua filha recém-nascida, usou as redes sociais para fazer um pedido inesperado e comovente.  Nathen Steffel só queria ter uma boa recordação da bebê, já que só lhe restava uma fotografia da menina entubada.

"Minha filha morreu recentemente após uma longa batalha no hospital. Ela ficou lá durante toda a sua curta vida e nunca tivemos oportunidade de lhe tirar uma foto sem os tubos. Alguém poderia remover os tubos desta foto?", pediu Nathen.
Como hoje há bons programas que permitem editar imagens, rapidamente seu pedido foi atendido e o seu sonho realizado.
 
Curta nossa página Amigos da Universal no Facebook Twitter. Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

sábado, 12 de Julho de 2014

DESTRUIDOR DE SONHOS - 3 CASOS INÉDITOS QUE OS SEUS SONHOS FORAM INTERROMPIDOS

"Caso de pessoas que já, se conformaram com o sonho destruído, é o que acontece quando não se coloca toda a força para transformar a situação tanto no início, meio e no fim "


Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

sábado, 5 de Julho de 2014

sexta-feira, 4 de Julho de 2014

EX-PASTOR DA IGREJA UNIVERSAL VIROU MENDIGO

A história do Robson é muito triste e comovente. Ele era pastor, serviu a Deus em cima do altar da Igreja Universal e por falta de vigilância se tornou mendigo, e hoje, como o Bispo João Leite que o entrevista diz, serve de troféu nas mãos do mal.

Ele foi encontrado no Coreto do Méier, onde a Igreja Universal começou, e foi encontrado na pior maneira possível, sem dignidade, sem moral e sem forças. Ele conta que já tentou voltar várias vezes, mas não tem tido forças para continuar.

Assista a entrevista atentamente e compartilhe para todos com o link que está abaixo do vídeo:


Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

FILHO DO PASTOR RESSUSCITA EM CIMA DO ALTAR DURANTE A REUNIÃO

Não existe nada mais poderoso para um pastor do que viver aquilo que se prega, e o testemunho que você vai ver abaixo contato pelo próprio pastor, com sua esposa e seu filho é muito forte. Nós do Amigos da Universal não temos palavra para descrever o fato ocorrido, por este motivo, não vamos escrever mais nada, e vamos deixar você ouvir da boca do próprio pastor o fato ocorrido com seu filho. 

Assista e Compartilhe com o link que está abaixo do vídeo!
 
Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

sexta-feira, 27 de Junho de 2014

quarta-feira, 25 de Junho de 2014

Drogas e álcool no seio da Mundial

O último ano tem trazido à luz do dia muitos dos "podres" da Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD), tanto no Brasil como fora, desde a suspeita de violações, à perda de horários televisivos e às dívidas. Valdemiro Santiago e a sua “Igreja” têm vindo a perder preponderância no panorama brasileiro e até mesmo nos demais países, visto estarem a enfrentar problemas com a Justiça.
 
Muitos “ex-pastores”, “ex-obreiros” e até mesmo “ex-membros” tem saído desta “Igreja”, mostrando o que se passa no seu interior e denunciando situações muito pouco cristãs, principalmente para quem se advoga cristão. Esta semana trazemos o relato do senhor Alves e da sua esposa, um casal que frequentou durante oito anos a Universal, mas que recebeu uma proposta para frequentar a Mundial. Foi-lhe prometido o cargo de “pastor” e um bom salário. Após uma semana, já fazia parte dos “obreiros” da Mundial e, dois meses depois,tornou-se “pastor”, ou seja, a progressão na hierarquia foi muito célere.
 
No início da sua nova vida de “pastor”, o senhor Alves pensou que estaria preparado, pois seria como se tivesse mudado de profissão, mas, com o decorrer do tempo, começou a perceber que, afinal, não tinha qualquer preparação. Passado algum tempo, segundo o próprio, começou a fazer coisas que nunca tinha feito antes na vida, como envolver-se com bebidas alcoólicas e vários tipos de drogas. O mesmo confessou que foi incentivado por outros sete “pastores” a consumir canabis, crack e cocaína. A sua esposa não tinha conhecimento do que ele fazia, e sempre que o questionava acerca do estado em que estava, ele acabava por agredi-la. Embora a esposa lhe dissesse para não realizar nenhum “culto” no estado em que estava, o senhor Alves não queria saber. O mesmo realizou celebrações completamente drogado, tendo até chegado a cair no seu decorrer.


Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

sexta-feira, 13 de Junho de 2014

Dormir pouco pode lesar o cérebro

Vários trabalhos científicos no mundo inteiro têm demonstrado que os distúrbios do sono podem contribuir para o desenvolvimento ou agravamento de diversas doenças, como obesidade, hipertensão arterial, diabetes mellitus, depressão, ansiedade, aumento do colesterol, alterações do humor, prejuízo da memória, fadiga crônica, síndrome do pânico, acidentes e diminuição da imunidade, entre outras.

Em estudo realizado pela Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, 11 pessoas com idade entre 18 anos e 27 anos foram impedidas de dormir mais de quatro horas, durante seis dias. O efeito foi impressionante: ao final desse tempo, o funcionamento do organismo foi comparado ao de uma pessoa de 60 anos de idade. E os níveis de insulina diminuíram, como os de uma pessoa com diabetes.

Já na Suécia pesquisadores da Universidade de Uppsala fizeram uma revelação mais assustadora. Descobriram que uma noite de sono mal dormida pode causar danos cerebrais. Os estudiosos dividiram 15 homens jovens e com boa saúde em dois grupos: uma parte dormiu oito horas e outra menos tempo. Entre aqueles que não descansaram o mínimo recomendado foi constatado um aumento de cerca de 20% de duas moléculas presentes no cérebro: a Enolase Neurônio-Específica (NSE) e a proteína S-100B. O número dessas moléculas aumenta no sangue sempre que ocorrem lesões cerebrais.

É preciso ficar atento e ter uma boa noite de sono, pois muitos acabam desprezando o descanso necessário por não saberem que é justamente na fase de sono profundo que o organismo realiza os seguintes trabalhos:
• Secreção do hormônio do crescimento (GH): na criança ele é o responsável pelo crescimento e no adulto age principalmente na regeneração celular;
• Secreção de insulina, limpeza do organismo, reparação das células e reposição da energia nas células;
• Acelera a limpeza de toxinas do cérebro, entre elas a beta-amiloide, que, cumulativamente, provoca a Doença de Alzheimer;
• Age na aprendizagem e memória das células do cérebro;
• Atua nas células musculares: melhora o desempenho da célula muscular, mantendo o seu tônus, evitando a flacidez e garantindo o vigor físico;
• Aumenta a imunidade do organismo, nos seus mecanismos de defesa;
• Age no metabolismo das gorduras e, assim, nas doenças cardiovasculares, na hipertensão e obesidade.

Já está mais do que provado que a vida longa está associada à qualidade do sono. Por isso, tente dormir e acordar mais ou menos no mesmo horário todos os dias. E evite comer em horário próximo ao de ir dormir e alimentos gordurosos e doces; estimulantes, como café, refrigerante, álcool e cigarro; beber muito líquido antes de dormir e levar trabalho para a cama.

 Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

quarta-feira, 11 de Junho de 2014

Blindado contra o mal

Livro “Orixás, caboclos e guias – Deuses ou demônios?” é lançado na Rússia

Há 17 anos a Universal avança na Rússia, ensinando as pessoas a refletirem sobre a fé consciente – uma fé sobrenatural capaz de alcançar o verdadeiro poder de Deus, promovida por meio do uso da inteligência com base nos ensinamentos bíblicos.
Em geral, a população do país sofre espiritualmente procurando por soluções para seus problemas em diversas religiões que, tão somente, promovem a tradição entre as pessoas. Como por exemplo, a Igreja Ortodoxa Russa, que segundo a primeira pesquisa social sobre religiões realizada no país, em 2012, conta com 41% da população afirmando ser adepta. Ela não está ligada com à Igreja Católica e surgiu, na verdade, após a desvinculação da Rússia com a Igreja Ortodoxa, fundada no século 11 depois de Cristo (d.C.).
Além dessa religião, em algumas localidades do país, há grupos que se declaram pagãos, realizando rituais religiosos ao ar livre, entre eles, a adoração ao solstício de verão. São 1,7 milhão de pessoas, de todas as idades, que se devotam ao neopaganismo eslavo, caucasiano, entre outros segmentos desse culto.
Por isso, a preocupação da Universal no país tem sido “abrir os olhos” de todos para que percebam a verdadeira fonte para suas dores e sofrimentos. Assim, em Moscou, capital russa, foi promovido o lançamento do livro “Orixás, caboclos e guias – Deuses ou demônios?”, que ocorreu no Centro de Ajuda da Universal na cidade.
Ao todo, mais de 350 pessoas estiveram presentes. Muitos já haviam lido a biografia do bispo Edir Macedo, “Nada a Perder”, e estavam curiosos para saber os conteúdos de outros livros de autoria dele.
“Apesar de nem todos reconhecerem, nós temos visto que o povo russo sofre por se envolver com bruxarias, feitiçaria, magia e toda sorte de problemas espirituais. A nossa expectativa é levar as pessoas, por meio desse livro, à solução para os problemas espirituais”, afirmou o pastor Eder Figueiredo, responsável pela Universal no país.
Ensinamento para a libertação
Para uma das frequentadoras da Universal, Elena (foto ao lado, de branco), que também esteve presente na cerimônia de lançamento da obra, é uma oportunidade de aprender mais com os ensinamentos do bispo Macedo.
Ela afirmou que, por meio do livro, acredita que serão esclarecidas muitas de suas dúvidas sobre a atuação dos espíritos malignos. Por isso, decidiu adquirir exemplares para seus familiares, desejando que assim também possam conquistar a libertação espiritual.

 
Curta o Amigos da Universal no Facebook! Obrigado. Volte sempre!

Os presos que libertam

Conheça os novos missionários da Universal

Vestidos com ternos alinhados, os futuros missionários posicionam-se em pé sobre o altar da Universal dentro do presídio Doutor Antônio Souza Neto, localizado na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. É um momento muito especial para todos eles, pois serão consagrados pelo bispo Afonso da Silva, responsável pela evangelização nos presídios do Brasil, para ajudar os presos com orações e a disseminação da Palavra de Deus.
O salão é espaçoso e abriga centenas de detentos sentados em poltronas. Acima do altar, o letreiro característico, com as palavras “Jesus Cristo é o Senhor”, confirma o Autor dos milagres que ocorrem ali dentro. Um refúgio para a dolorosa realidade expressada em grades e mais grades, atrás das quais os detentos devem conviver enquanto refletem sobre as consequências de seus atos.
Segundo o pastor Edson da Silva, responsável pela evangelização no presídio de Sorocaba, a Universal chegou ali há 12 anos. Ele conta que, no início, os pastores e obreiros evangelizavam os detentos apenas nos dias de visita.
Porém, certo dia surgiu a oportunidade, dada pela direção do presídio, de uma igreja se instalar dentro da área carcerária. Nenhuma outra igreja teve interesse em arcar com os recursos financeiros necessários, apenas a Universal, e foi assim que o trabalho de restauração da vida dos que passavam por aqueles portões começou diariamente.
Enquanto todos os presos oram em busca da libertação, o bispo Afonso convida quem possui alguma enfermidade a se aproximar do altar. Muitos são os testemunhos de cura: pessoas com dores de cabeça, dores nos braços, entre outros males.
Então, o bispo diz: “Não importa a sua idade, não importa o que você fez; o Senhor Jesus quer mudar a sua história, Ele está esperando que você tome uma decisão em aceitá-Lo.”
Transformando vidas
Pela crença geral na sociedade, para quem um dia é condenado a viver em uma cela e “entra de cabeça” no mundo do crime, a reabilitação é um alvo impossível de se alcançar, pois a vida na cadeia dá espaço para pensamentos cada vez piores e improdutivos. Um ambiente propício para o não uso da fé e para o crescimento da maldade.
Contudo, onde todos enxergam o fim do caminho, a Universal, enxerga a oportunidade de um recomeço. Um exemplo da possibilidade de mudança, promovida pelo Espírito Santo, é a vida do presidiário Paulo José França Muniz, de 38 anos.
Ele começou a praticar assaltos aos 10 anos de idade, no estado da Bahia. Cresceu em um lar alimentado pelas maldições: primeiro assistiu à separação dos pais e, logo depois, viu o pai tirar a própria vida.
“Eu era muito respeitado na vida do crime – roubando e matando. Tirei a vida de cinco pessoas. Com 17 anos, dava muito trabalho aos policiais da Bahia, e minha mãe sofreu muito. Quando ela ouvia falar que estava havendo um tiroteio na região, já sabia que era eu. Ela não aceitava a vida que eu levava. Até que chegou um dia em que a polícia falou para ela que eu não chegaria aos 18 anos”, recorda.
Por um tempo, Paulo decidiu deixar o mundo do crime. Então, a sua mãe, na esperança de ajudá-lo, permitiu que ele fosse para São Paulo, capital, para se distanciar das más companhias. Entretanto, não demorou muito para que ele formasse uma quadrilha com foco em roubo de empresas de ônibus – uma atividade que cultivou durante 6 anos.
Durante um assalto, Paulo e seus parceiros foram presos e levados até a extinta penitenciária do Carandiru, na zona norte de São Paulo.
“Me vi ali dentro preso, cheirando ‘farinha’, fumando maconha, igual a um louco. Todo mundo me abandonou. Me vi no fundo do poço. Fui evangelizado por um obreiro da Universal. Armei uma armadilha para matá-lo, mas não deu certo. Eu tinha uma raiva incontrolável do povo da Universal”, lembra.
Dia após dia, Paulo sentia-se abandonado por todos e já não via mais uma saída para o seu caso. “Eu me encontrava numa situação em que pensava em tirar a minha própria vida, pois já não tinha mais drogas para usar, nem família”, conta.
Porém, a ajuda que ele esperava veio de um detento, que evangelizava a todos na cela, convidando-os para os cultos da Universal realizados dentro do Carandiru. Com o tempo, Paulo foi aprendendo a desenvolver a fé no Senhor Jesus, enfrentou muitos desafios espirituais, mas conquistou a libertação. Hoje, mantém consigo apenas o desejo de ajudar a outros prisioneiros que sofrem como um dia ele sofreu.
“Nesses anos todos nada me abalou, por esse motivo me dedico a fazer a Obra de Deus cada vez melhor. Estou prestes a ganhar a minha liberdade e continuarei fazendo a Obra de Deus aí fora”, diz.
Os missionários
Paulo faz parte do grupo de quatro missionários consagrados nessa reunião especial, todos detentos do presídio em Sorocaba. Um missionário tem autoridade para orar e evangelizar, e, para conquistar esse direito, precisa ser batizado nas águas, ter se libertado de tudo o que lhe fazia mal, ser selado com o Espírito Santo e apresentar a transformação do Senhor Jesus.
Além de Paulo, também foram consagrados no altar Alexandre, Gilberto e Jefferson.
Alexandre Augusto, de 38 anos, já foi obreiro da Universal um dia, entretanto, com o tempo, esfriou na fé e deixou o desejo por estar na presença de Deus. Assim, começou a beber e a usar drogas. Contudo, atualmente, sente-se bem consigo mesmo e é grato a Deus pelo que Ele tem feito em sua vida. Por isso, deseja levar para outros presos a mesma fé que aprendeu com os servos de Deus. Quando o presídio cedeu o espaço para os cultos à Universal, Alexandre foi um dos voluntários a erguer a construção do salão onde ocorreriam as reuniões – o mesmo desse momento especial da consagração a missionário.
Gilberto Aleixo de Souza, de 41 anos, também se envolveu com drogas e, como consequência, teve de cumprir pena na cadeia. Porém, na prisão, desejou buscar por ajuda e assim conheceu o trabalho da Universal.
Jeferson Aparecido Sebastião, de 32 anos, tinha um comportamento muito rebelde, até mesmo dentro da prisão. Ele sentia tanto ódio de tudo, que ateava fogo com frequência em celas do presídio, colocando em risco a sua vida e a de outras pessoas. Porém, há 2 anos, ele pediu ajuda para a Universal, e, desde então, tem dedicado sua permanência na cadeia para aprender mais sobre a fé sobrenatural e ensinar aos outros detentos a como lutar contra o mal que os aflige todos os dias.
A consagração
No momento da consagração, o bispo Afonso pede para que os novos missionários dobrem seus joelhos no altar e, juntamente com os pastores que o auxiliam, derrama a taça de azeite sobre a cabeça de cada um, determinando que, por meio deles, Deus possa alcançar outras vidas e transformá-las, para que haja Salvação dentro dos presídios, por todo o País.
A partir daquele momento, os missionários, embora estejam atrás das grades, já não são mais presos, e sim, libertos pelo poder do Senhor Jesus, e prontos para levar essa libertação para os demais.
http://www.universal.org

Curta o Amigos da Universal no facebook! Obrigado. Volte sempre!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...